quarta-feira, 20 de julho de 2011

A flor já amanhece


A janela está aberta,
A flor já amanhece.
O sereno que depois vem
Com toda sua bênção desce.

Enfeita um pedacinho de folha
Para amanhã beber água.

No horizonte da vida
Sempre tem uma água pura, abençoada.
Para quem bebe dessa água,
A vida fica mais perfumada.

Poema: A Negra
Pintura: Sílvia Goulart
Foto: Marcus Minuzzi

4 comentários:

  1. Achada tal fonte
    derrama de vocês em nós
    essa beleza dos lados à fronte
    e compartilham pétalas
    de flor que sementam
    regam e urgem d'A Negra
    No amanhecer, florece em veludo, o fruto.

    ResponderExcluir
  2. Muito bonito, João! Realmente, obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Ah! Já tô parecendo aqueles fanzinhos chatos que ficam no pé do artista, kkk.

    ResponderExcluir
  4. Nada. Tua presença no blog muito nos honra. Na verdade, você é muito mais outro artista do que fã...

    ResponderExcluir

A conta coletora coletiva